Oportunidade: Microsoft seleciona estudantes de Tecnologia da Informação para curso gratuito no Recife

 - 

Inscrições podem ser feitas na internet até 27 de abril. Para participar, é preciso estar regularmente matriculado nos ensinos médio ou superior e ter conhecimentos básicos em tecnologia.

In Blog

HOSPEDAGEM DE SITES NO MARANHÃO

 - 

web

Hoje em dia blogs e sites estão em evidente crescimento. A ideia de ter um blog pessoal ou um site para seu negócio está cada vez mais presente na vida dos brasileiros. E no Maranhão não é diferente, A i9bem atua no mercado de desenvolvimento de aplicações web e de hospedagem desde 2012, antes com o nome PHOHOST, a equipe da i9bem vem acompanhando de perto essa evolução no Maranhão.   Acreditamos que no Maranhão esse nicho irá crescer muito mais, apostando nisso a  maioria das campanhas  AdWords são direcionadas para o estado. Nosso objetivo é tornar a i9bem líder no ramo de hosting no Maranhão.

A i9bem é uma empresa Maranhense com sede em Pinheiro – MA na Avenida Paulo Ramos, N° 150. Procuramos sempre inovar, procurando solução para web, estamos com alguns projetos em andamento para o Maranhão.

– Servidor para Email Marketing;

– Um novo Servidor para Hospedagem com virtualização Xen

Loja virtual completa ( Em desenvolvimento ) .

Todos esses novos serviços serão dedicado para empresas maranhenses, ajudando assim o desenvolvimento do Estado.

Infraestrutura.

Nossa infraestrutura já foi abordado em uma pagina específica (veja). Nós priorizamos o uso de equipamentos de alta qualidade de marcas líderes de mercado. Em sua maioria servidores DELL com 2 processadores Quad-Core Xeon™ e 32Gb de memória, conectados a storages DELL com discos SAS 10K ou 15K RPM em RAID. Tudo com fontes redundantes, múltiplas conexões gigabit e redundância absoluta, monitoramento ininterrupto (24x7x365). Firewalls e sistemas de IPS que identificam e bloqueiam tentativas de intrusão aos servidores e rígidas politicas de backup garantem a segurança lógica.

Sobre os backups.

A i9bem garante o backup das ultimas 24h.  Nós realizamos backups diários, tudo feito a partir das 2 da madrugada quando o trafego é bem menor para evitar consumo exagerado dos servidores, falhas e quedas nos servidores. Esses backups são guardados em em 2 servidores diferentes por no máximo 1 semana e ficam a disposição do titular da conta.

Se você e sua empresa ainda não estão conectados no mundo web, você tem um problema, o mundo hoje gira em torno de sistemas web a empresa que não se molda ao novo fica para trás.

 

In Blog

Mudamos para melhor

 - 

 

mudamosPhoHost fundada em 2012 passa por uma transformação radical, agora a PhoHost é i9bemA mudança foi necessária, visto que, nós queríamos oferecer outros tipos de serviços além de hospedagem de sites e venda de domínios. Hoje a i9bem passará a oferecer tudo aquilo que a PhoHost oferecia, mas outros serviços como exemplo: Desenvolvimento de sistemas web, Suporte avançado para blogueiros e etc.

Como fica os clientes da PhoHost?

Todos os clientes da PhoHost continuaram com os mesmos serviços e planos, Todos os clientes serão comunicados da sua nova área de cliente.

O que vai acontecer com meus dados na PhoHost?

Os dados dos clientes serão mantidos agora por i9bemo processo de segurança será ainda mais rígidos com todos os dados.

Vou ter que migrar minha conta?

Não !

Todas as contas já foram migradas para novos servidores, todos os DNS já foram atualizados,

Se tiver dúvidas não deixe de perguntar, entre no site www.i9bem.com.br, temos vários meios de atendimento.

 

Nerialdo Ferreira – Responsável técnico

In Blog

DECLÍNIO: 10 grandes empresas que já estiveram no topo

 - 

Egito, Pérsia, Macedônia, Roma, Bizâncio. A História da humanidade é marcada pela ascensão e queda de impérios, que, após mudarem o mundo, são substituídos por outros mais fortes ou inovadores. No mundo da tecnologia, parece não ser tão diferente.

Há inúmeras empresas que contribuíram grandemente para a evolução de hardware, software e serviços, e com isso colheram status e domínio de mercado em seus respectivos momentos de apogeu, mas algo no meio do caminho acabou levando-as à falência, à mediocridade ou mesmo ao simples esquecimento.

Hoje, no TecMundo, faremos um breve memorial em nome daqueles que já foram gigantes da tecnologia, mas que nestes dias infelizmente não estão mais entre nós — ou até estão, mas ninguém liga muito.

 

 

1. Sun Microsystems

Tendo seu ápice durante a bolha da internet, a Sun Microsystems foi uma empresa que produzia e vendia computadores, softwares, componentes de hardware e informação tecnológica. Foi responsável pela criação do sistema de arquivos NFS e pelo Java. Este último, por exemplo, acabou se tornando uma linguagem de programação rápida e versátil que provavelmente ainda perdurará alguns bons anos.

Em janeiro de 2010, a Sun foi comprada pela Oracle Corporation por US$ 7,4 bilhões. No mês seguinte, ela foi fundida à multinacional, passando a se chamar Oracle America Inc. A Sun não chegou a falir ou fechar, mas sua aquisição a tornou praticamente inútil, sendo mantida apenas por causa de suas patentes.

2. Compaq Computer Corporation

Fundada no início dos anos 80, a Compaq desenvolvia, vendia e oferecia suporte a computadores e produtos e serviços relacionados. Foi responsável por alguns dos primeiros IBM PC compatíveis, chegando a se tornar a maior fornecedora de sistemas de computador do mundo, durantes os anos 90.

A companhia lutou para se manter no mercado após a reformulação causada pela bolha da internet, mas perdeu sua colocação de maior fornecedora para a Dell em 2001. No ano seguinte, foi adquirida pela HP por US$ 25 bilhões. Atualmente, a Compaq é mantida em uso por sua empresa-mãe apenas no desenvolvimento de sistemas simples.

3. Eastman Kodak Company

A Eastman Kodak Company é uma empresa multinacional especializada em equipamentos fotográficos profissionais e amadores. Foi cofundada por George Eastman, inventor do filme fotográfico, e ficou mundialmente famosa pela produção e comercialização desse produto. Durante a maior parte do século 20, a companhia foi uma gigante no mercado de filmes fotográficos, chegando a dominar 90% desse mercado nos Estados Unidos na década de 70.

Entretanto, no fim dos anos 90, a Kodak começou a enfrentar sérios problemas financeiros devido à queda de vendas em filmes durante a transição para a era da fotografia digital. O último ano em que obteve algum lucro, nesse longo período de crise, foi 2007.

A empresa chegou a mudar de estratégia, abraçando a tecnologia digital de fotografia e impressão, mas, em 2012, pediu proteção contra a falência para o governo norte-americano.  Em 2013, a Kodak emergiu da falência abrindo mão de vários de seus serviços, como a fabricação de câmeras digitais de foto e vídeo.

4. Napster

Tendo apenas dois anos de permanência no ar — de junho de 1999 a julho de 2001 —, o Napster original foi o serviço pioneiro no compartilhamento de arquivos P2P, com foco principal em arquivos MP3. O desbravador da modalidade foi, em seguida, inspiração para diversos novos serviços que gradualmente foram expandindo e aperfeiçoando suas capacidades, tal como Limewire, Kazaa e BitTorrent.

Como precursor do gênero, o Napster também foi um dos principais bodes expiatórios das grandes gravadoras, enfrentando múltiplos processos legais de infração de direitos autorais que resultaram em uma ordem judicial para o encerramento de suas operações.

O serviço original foi fechado e adquirido pela empresa americana de softwares Roxio, que relançou o Napster como uma loja de música online. Em 2011, a Roxio foi vendida para a Rhapsody, loja online da multinacional Best Buy.

5. Itautec S/A

A Itautec foi uma empresa 100% nacional com especialização em equipamentos de TI, automação comercial e automação bancária. Atuando no Brasil desde 1979, a companhia tinha subsidiárias em cinco países, chegando a possuir a décima maior base instalada de caixas eletrônicos do mundo, além da maior rede própria de assistência técnica em informática do país.

Também teve em seu histórico eventos como o controle sobre a marca Philco em território nacional, de 1994 a 2005, e diversos prêmios recebidos em 2010. Entre eles está o do World Finance Technology, sendo considerada a melhor fornecedora de soluções de segurança e tecnologia para o setor financeiro da América Latina.

Em 2013, porém, a Itautec S/A encerrou suas atividades com esse nome, vendendo a maior parte de sua participação nas áreas de automação bancária e comercial e prestação de serviços para a empresa japonesa Oki. A unidade de computação da Itautec, que também atuava com a marca Infoway, foi desativada.

6. SEGA

Gigante do mercado de console de video games, principalmente durante os anos 80 e 90, a SEGA rivalizou com a Nintendo por algumas gerações de consoles, lançando produtos como os antológicos Master System, Mega Drive — conhecido nos Estados Unidos como SEGA Genesis —, além do mundialmente conhecido mascote Sonic.

A SEGA causou um grande impacto no mundo da tecnologia com suas iniciativas inovadoras nas áreas de software e hardware, pavimentando o caminho para diversas empresas do mercado de video games.

Infelizmente, seu último console, o Dreamcast, causou enorme prejuízo à empresa, obrigando-a a se reestruturar. Ela deixou a fabricação de hardware, para dedicar-se estritamente ao desenvolvimento de games para outras empresas, inclusive para a própria Nintendo, que outrora foi sua grande concorrente.

7. Hewlett-Packard Company (HP)

Durante muito tempo sendo referencial para o mundo da tecnologia, a HP já foi uma das gigantes no mercado de computação, impressão, tratamento de imagem e softwares, chegando a se tornar líder na fabricação de computadores pessoais.

Apesar de ter sido a segunda maior vendedora de PCs em 2013, a empresa já não é mais sinônimo de qualidade há algum tempo. Isso e algumas apostas malsucedidas, como a tentativa de entrar no mercado de tablets, causou nos últimos anos uma enorme queda no valor das ações e demissões na companhia.Ascensão do preço das ações da HP, desde o período de baixa entre 2012 e 2013

A empresa luta para se reerguer e desde dezembro do ano passado vem prosperando como corporação, mas, como marca, precisa de novas estratégias para reconquistar o lugar que um dia ocupou na preferência do consumidor final.

8. BlackBerry

Originalmente, essa empresa era conhecida por ser inovadora no ramo de smartphones empresariais e governamentais. Em 2010, chegou a dominar 43% do mercado dessa modalidade. Além da linha de celulares e smartphones, a companhia também tem seus próprios sistemas operacionais mobile, exclusivos para seus dispositivos.

A situação da BlackBerry iniciou seu processo de declínio com a grande competição de companhias como Apple e Samsung, que fornecem a já predominante tecnologia de telas sensíveis ao toque. Por causa disso, a fatia de mercado da empresa caiu para 3,8% em 2013. Atualmente, a maior parte de seu valor está em suas patentes, que valem entre US$ 2 e 3 bilhões de dólares.

9. America Online (AOL)

A companhia que chegou a ser um dos principais ícones da revolução da internet foi fundada em 1985. Conhecida por seu pacote de softwares, também chamado de AOL, a América Online oferecia a seus clientes a porta de entrada para a World Wide Web, chegando a ter mais de 30 milhões de usuários em seus serviços.

A empresa comprou em 2000 a Time Warner, aquisição que não foi muito frutífera, resultando na cisão e independência dessa última nove anos depois. Entre vários momentos de transição e reformulação da marca, a AOL tem enfrentado várias crises nos EUA ao longo dos anos. No Brasil, a empresa chegou em 1999 prometendo ser “o maior provedor de internet do País”, algo que não chegou a acontecer devido aos vários problemas técnicos com os CDs de instalação do discador e a má qualidade do serviço.

O prejuízo em toda a América Latina foi em torno de R$ 182 milhões, o que fez com que a empresa fechasse as portas oficialmente neste pedaço do continente em março de 2006. Houve um retorno da marca America Online no Brasil em 2008, mas com serviços diferentes daqueles oferecidos no início, como mensagens instantâneas, notícias, email e álbum de fotos.

10. Atari

A Atari talvez ainda seja a grande Top of Mind quando o assunto é video games antigos, e há uma boa razão para isso. A empresa criou as primeiras máquinas de arcade alimentadas por fichas e moedas, mas seu produto mais popular foi o console caseiro Atari 2600, que gerou um assombroso sucesso devido ao seu custo relativamente baixo e às várias opções de jogos que possuía.

Devido à crise no mercado de games em 1983, a empresa original passou por diversas reformulações, tendo divisões de departamentos e aquisições nas mãos de várias companhias. Em 2008, a Atari tornou-se subsidiária da Infogrames Entertaintment, SA, que mudou mais tarde seu nome para “Atari, SA”. Atualmente, ela está somente no ramo de desenvolvimento de jogos.

Poucas coisas duram para sempre e, em um campo no qual tudo muda tão rápido como a área de tecnologia, não é de se espantar que as coisas fiquem facilmente obsoletas, tornando difícil a tarefa de se manter firme no mercado. E você, de quais empresas de tecnologia que um dia já foram grandes sente mais falta?

In Blog

Erro comum! Problemas ao acessar cPanel, WebMail ou WHM

 - 

Se você está com problemas ao acessar cPanel, WebMail ou WHM entretanto está conseguindo acessar normalmente o seu site e consegue enviar e receber e-mails através do gerenciador (ex. Outlook ou outros) o motivo pode ser um bloqueio à portas diferentes das comuns (ex. 80, 110, 143), quando a porta do cPanel é 2082, Webmail 2095 e WHM 2086.
Geralmente é apresentada a seguinte mensagem ao realizar o acesso: ”Erro de rede ao enviar o seu pedido de login. Por favor, tente novamente. Se esta condição persistir, contacte o seu fornecedor de serviços de rede.
Neste caso verifique com o seu fornecedor de internet a possibilidade de liberação das portas, se por acaso seu fornecedor não viabilizar a liberação você poderá utilizar a seguinte alternativa disponibilizada pela cPanel:

  • Acesso ao cPanel: http://cpanel.seudominio.com.br/login/
  • Acesso ao WebMail: http://webmail.seudominio.com.br/login/
  • Acesso ao WHM: http://whm.seudominio.com.br/login/

Os endereços acima não utilizam as portas para acessar os serviços.

 

Dúvidas entre em contato conosco!


Saiba como recuperar fotos, scraps e depoimentos do seu Orkut.

 - 
Com o fim do Orkut em setembro de 2014, todos os usuários logo pensaram como ficariam suas fotos, scraps e depoimentos. Contudo, o Google disponibilizou no TakeOut (uma das ferramentas da empresa) um método para salvar estes arquivos.
O backup ficará no ar até setembro de 2016. Nós da PhoHost mostramos a você como recuperar seus dados e relembrar sua época de Orkut.
1 – Entre no TakeOut
1-passo-1-orkut
Desmarque todas as opções e deixe apenas o “Orkut” selecionado; clique em próximo.
2 – Clique em “Criar Arquivo”
1-passo-2-orkut
Procure criar aquivos em formato “.zip”, pois é reconhecido por todos os computadores. O Google irá buscar os dados da sua rede social (e pode demorar, a depender do quanto você interagia por lá). Todos os seus aquivos do Orkut serão salvos, isso pode demorar.
3 – Clique em “Fazer Download”
1-passo-3-orkut
O Google solicitará que você faça o login novamente na sua conta. Após fazer o login abrirá a mesma pagina para download
4 – Clique novamente em “Fazer Download”
1-passo-5-orkut
Todos os seus aquivos serão baixados no seu computador incluído vários arquivos em “.html” das suas interações na rede social.
Atenção: só é possível recuperar seus arquivos com o e-mail que você usava para entrar no Orkut.
Os arquivos .html, dentro do arquivo, abrirão em seu navegador e mostrarão seu perfil, com possibilidade para navegar entre os scraps e depoimentos.

 

In Blog

A PhoHost Lança DDoS Proteção

 - 

O provedor de hospedagem PhoHost em parceria com Staminus, um avançado DDoS híbridos provedor de soluções de proteção, disponibiliza proteção DDoS para PhoHost hospedagem de sites.

A PhoHost anuncia a implementação da proteção DDoS para todos os seus cliente de hospedagem compartilhada. Como os ataques DDoS estão em ascensão e tendem a evoluir rapidamente para ameaças de segurança complexas, a proteção de tais ataques é da maior importância.

A colaboração com Staminus resultou em uma proteção de DDoS excepcional  a ataque DDoS para clientes PhoHost. Proteção integral será fornecido gratuitamente. Ele inclui salvaguardar de amplificação DNS, SNMP reflection, NTP amplification, SSDP reflection, ataques volumétricos TCP e outras ameaças, decorrentes de DDoS.

Staminus  proporciona uma proteção rápida de ataque DDoS e abrangente garantindo assim um desempenho impecável para todos os clientes. Com mais de uma década de desenvolvimento constante, proteção Staminus ofusca outras soluções de mitigação em desempenho, escalabilidade, flexibilidade e confiabilidade.

Fundada em 1998, Staminus Communications é líder da indústria DDoS mitigação e serviços de hospedagem garantidos aos usuários e empresas ao redor do mundo. Como a empresa mais antiga em tormo de mitigação DDoS, Staminus evoluiu para mais avançado empresa DDoS mitigação do mundo.

Nerialdo Ferreira, Programador e fundador da PhoHost, afirma que a implementação da proteção DDoS é uma grande prioridade. “Durante o ano passado sofremos bastante com a frequência das tentativas maliciosas de interferir nos nossos servidores, nós temos o dever de procurar novas tecnologias para aumentar nossa segurança contras esses e outros tipos de ataques . Não podemos fechar os olhos para ações que prejudicam a qualidade de nossos serviços e corromper a nossa reputação “, diz ele.

“Os clientes dependem de nossa disponibilidade para manter sua presença na Internet disponíveis quase 100% do tempo, e não 90%, 80%, e etc. A PhoHost está tomando todas as medidas certas para manter os ativos de seus clientes on-line, protegendo nossos clientes do transtorno e prejuízos de ataques DDoS “, diz Nerialdo Ferreira.

 

 

PhoHost – Solução para internet.

In Blog

Construtor de site da PhoHost

 - 

A Phohost trás mais uma novidade para nossos cliente, o Construtor de Sites da PhoHost

Conheça nosso construtor de site, é totalmente gratuito e sem publicidades, com este construtor você pode desenvolver o site para sua empresa, sua instituição sua marca e etc, são varias categorias com diversos modelos prontos para ser editado e publicado. Preparamos manuais de fácil intendimento. Comece o seu site

In Blog

Autorizar o recebimento de Emails da PhoHost

 - 

Recebimento de Emails, A PhoHost oferece serviços de hospedagem, manutenção de websites e servidores e envia uma grande quantidade de E-mails mensal por diversos motivos outros provedores podem identificar nossas mensagens erroneamente como SPAM, dessa forma você pode deixar de receber informações importantes de atualizações e notícias financeiras.

Para evitar problemas de comunicação, pedimos que configurem seus emails conforme por as instruções abaixo:

Nossos emails: contato@phohost.com, financeiro@phohost.com e suporte@phohost.com

Emails do UOL

1º Passo: Para autorizar os emails da RedeWeb, acesse o seu webmail e clique em “Domínio” dentro de “AntiSpam UOL”.

2º Passo: Em seguida, digite os domínios que você quer autorizar, no caso: redeweb.com.br

Mais informações e detalhes você encontra neste endereço: http://antispam.uol.com.br/comofunciona.html

Emails do BOL

1º Passo: Para autorizar os nossos domínios, acesse o seu web-mail.

2º Passo: Em seguida, clique no meu Opções na barra de ferramentas.

3º Passo: Em seguida, clique no ítem Bloquear mensagens.

4º Passo: Em seguida, digite o domínio: redeweb.com.br

5º Passo: Em seguida, clique no botão desbloquear.

Mais informações e detalhes você encontra neste endereço: http://www.bol.com.br

Emails do TERRA

1º Passo: Acesse o endereço http://centraldoassinante.terra.com.br/emailprotegido/

2º Passo: Faça o login com o seu username e senha. Você será direcionado para uma página onde aparece o Assistente de Configuração;

3º Passo: No Assistente de Configuração, responda a todas as perguntas;

4º Passo: No final do Assistente de Configuração, clique em “Sair”. Você será redirecionado para a página de configuração do E-mail Protegido;

5º Passo: Na linha do ISI – Identificador de Spam Inteligente, marque a opção “Habilitado” e clique no botão “OK Gravar”;

6º Passo: Na linha “Classificar e-mails”, clique em “Editar”. Você será levado para a página que mostra a lista de e-mails já analisados pelo ISI – Identificador de Spam Inteligente. O ISI analisará todos os e-mails recebidos após o término do 5º passo;

7º Passo: Os e-mails que você receber serão classificados como “Desejados”, “Spam” ou sem classificação (aparece isto: “…”). As mensagens classificadas como “Spam” terão seu campo assunto modificado. A classificação aparece em um menu de seleção na linha de cada e-mail do Histórico;

8º Passo: Reclassifique eventuais e-mails erroneamente identificados ou não incluídos em alguma categoria. Você pode clicar sobre o nome do remetente ou sobre o assunto da mensagem para ver o conteúdo do e-mail. No rodapé das mensagens também há um link para a página de reclassificação;

9º Passo: Acompanhe a sua caixa postal e visite a configuração do ISI – Identificador de Spam Inteligente de tempos em tempos para ajudar a “treinar” o sistema de acordo com os seus critérios do que é ou não spam. classifique os emails dos nossos informativos como “Desejados”.

Mais informações e detalhes você encontra neste endereço: http://centraldoassinante.terra.com.br/emailprotegido/

Emails do Outlook/Hotmail

1º Passo: Para autorizar os nossos e-mails, acesse o seu web-mail.

2º Passo: Em seguida, clique na  catacra no canto direito da tela e depois em Opções .

3º Passo: Em seguida, no “Impedindo lixo eletrônico” clique no menu “Remetentes confiáveis e bloqueados”

4º Passo: Em seguida, clique no item “Remetentes confiáveis” ou  “Listas de endereçamento confiáveis”

5º Passo: Em seguida, adicione nossos e-mails.

Emails do Gmail

1º Passo: Para autorizar os nossos domínios, acesse o seu web-mail.

2º Passo: Em seguida, clique no menu Spam na barra de ferramentas.

3º Passo: Em seguida, selecione os emails que você deseja desbloquear (no caso, selecione os nossos emails que estiverem nesta pasta Spam)

4º Passo: Em seguida, clique no botão “Não é Spam”.

5º Passo: Clique em Contatos e adicione os nossos endereços de email em sua lista de contatos

Emails do Yahoo

1º Passo: Para autorizar os nossos domínios, acesse o seu webmail.

2º Passo: Em seguida, clique no menu Em Massa na barra de ferramentas.

3º Passo: Em seguida, clique no email que você deseja desbloquear.

4º Passo: Em seguida, clique no botão “Não é Spam”.

Emails do IG

1º Passo: Para autorizar os nossos domínios, acesse o seu web-mail.

2º Passo: Em seguida, clique no ícone Anti-Spam na barra superior.

3º Passo: Em seguida, digite o domínio: redeweb.com.br

4º Passo: Em seguida, selecione liberar.

5º Passo: Em seguida, clique no botão salvar.

Outros provedores

Entre em contato com o responsável do provedor (ou de sua empresa, se for email de empresa ou instituição) e peça para liberar o recebimento de emails provenientes do domínio: redeweb.com.br

Para maiores informações, acesse nosso chat ou envie uma mensagem através de um ticket de suporte.

 


Comprar pelo celular no Brasil

 - 

A previsão é que compras pelo celular cresça 46% até 2016

Cada vez mais os brasileiros aderem a modalidade de compras pela web via smartphones ou tablets. O PayPal (sistema de pagamentos on-line) divulgou um estudo realizado em parceria com a Ipsos, apontando que o volume de vendas efetuadas via dispositivos móveis deve crescer em média 46% ao ano entre 2013 e 2016. Já o comércio eletrônico como um todo tem estimativa de apenas 17%. Nesse levantamento foram entrevistadas 17,5 mil pessoas em 22 países, sendo 800 no país.

Para Renato Pelissaro, diretor de Marketing do PayPal para a América Latina, essa é a evolução natural do comércio eletrônico. A tendência já foi percebida pelos varejistas e as principais redes estão investindo na criação de aplicativos próprios ou em sites desenvolvidos especialmente para essas plataformas.

O levantamento realizado reúne dados interessantes:

  • Em 2013 foram gastos US$ 102 bilhões em compras por celular ou tablet;
  • A previsão é que chegue a US$ 291 bilhões em 2016;
  • Quem opta pela compra feita pelo mobile, na maioria das vezes é o público jovem;
  • 61% dos que adquirem produtos e serviços dessa forma têm entre 18 e 34 anos, no Brasil;
  • No país, o volume de vendas ainda é relativamente baixo, foram gastos cerca de R$ 15,1 bilhões no ano passado em compras mobile – um sexto do total de R$ 93 bilhões movimentados pelo e-commerce.

Principais dificuldades apontadas pelos consumidores sobre esse modelo de compra:

  • 31% reclamaram da tela pequena. O tamanho dificulta a avaliação do produto antes da compra;
  • Temor em relação à segurança;
  • Dificuldade para digitar.

Mercado tecnológico

As grandes desenvolvedoras de tecnologia mobile já estão voltadas para criação de dispositivos que facilitem a compra; a ideia é transformar um smartphone em substituto da carteira evitando. A Apple lançou em 2014 um sistema de pagamentos próprio; enquanto a Samsung anunciou recentemente a compra da LoopPay.

In Blog